Dia de luta na Granorte

 

Cerca de 50 trabalhadores (cerca de 75% da área de produção) da Granorte, em Rio Meão, manifestaram-se hoje em frente à empresa cumprindo um período de greve contra o fim do subsídio de turno.

A empresa acabou com os dois turnos existentes alegando falta de encomendas, o que não se verifica no terreno.

Os objectivos da greve foram:

- Reposição das prestações com caracter retributivo aos trabalhadores que deixaram de receber e que ao longo de muitos anos receberam de forma certa e reiterada;

- Determinação por acordo dos regimes e horários de trabalho que foram unilateralmente retirados;

- Compensação/atenuação das perdas retributivas/salarias.

Assim exigem igualdade de tratamento para todos os trabalhadores e o fim do assédio moral na empresa.

Granorte 2

Granorte 3

Granorte 1

A LUTA CONTINUA !!!